Mais Lidas

Pandemia no Nordeste

Comitê sugere lockdown no interior de Alagoas, após covid-19 avançar 109% em Maceió

Comitê Científico do Consórcio Nordeste recomenda lockdown em Arapiraca e São Miguel dos Campos

acessibilidade:
Pacientes com suspeita de covid-19 amontoam-se no Hospital Geral do Estado de Alagoas, em Maceió. Foto: Divulgação/Arquivo

Um estudo divulgado nessa segunda-feira (1º) pelo Comitê Científico do Consórcio Nordeste recomendou a aplicação de bloqueio total das atividades (lockdown) nos municípios de Arapiraca e São Miguel dos Campos, no interior de Alagoas. Os cientistas mantém recomendação de isolamento social na capital alagoana, ao registrar um aumento de 109% no número de casos confirmados do novo coronavírus (covid-19) em Maceió, em duas semanas, com 2.125 novos registros entre os dias 12 e 26 de maio.

Até ontem, Maceió já alcançava 6.097 casos com 288 mortes por covid-19; e 10.087 casos e 459 mortes pela pandemia, em Alagoas. Os casos de contaminação por covid-19 atingiram 100 dos 102 municípios do estado. Apenas Mata Grande e Água Branca não possui registros do novo coronavírus.

O levantamento dos cientistas que auxiliam governadores do Nordeste no combate à pandemia detectou duas áreas de preocupação em Alagoas, na capital e no interior do estado. Com destaque para o avanço dos casos de covid-19 em um patamar de mais 3.200% em São José da Laje; mais 615% em Arapiraca; 407% em Maragogi; mais de 257% em Coruripe, e 150% em Palmeira dos Índios. Cidades estas que já contabilizaram, juntas, 29 mortes pela covid.

Os cientistas do Consórcio Nordeste ponderam que, felizmente, a abertura de novos leitos manteve Maceió com uma taxa de ocupação de leitos de UTI abaixo do limiar de 80% (76% conforme dados de boletim de ocupação atualizado ontem). Mas alertam para a possibilidade de sobrecarga no sistema de saúde, com o aumento das contaminações no interior do estado.

“Todavia, é preciso que o isolamento social seja mantido na capital para evitar que o influxo de pacientes do interior cause uma sobrecarga no sistema de saúde. O segundo ponto a ser ressaltado é o crescimento de casos no interior de Alagoas, notadamente nas cidades de Coruripe, Maragogi, São José da Laje e Palmeiras dos Índios. Permanece a recomendação de lockdown para Arapiraca e São Miguel”, diz o trecho da pesquisa sobre o novo coronavírus, em Alagoas.

Os dados da pesquisa ainda apontam que nenhum estado do Nordeste apresentou diminuição da propagação do novo coronavírus.

Vídeos Relacionados