Covid-19 avança

Alagoas entra na lista e Brasil tem 24 casos confirmados do novo coronavírus

Além do 1º infectado em Alagoas, houve um novo paciente no Rio e mais três em São Paulo

acessibilidade:

O Brasil já contabiliza 24 casos confirmados do novo coronavírus, até a tarde deste domingo (8), a partir da confirmação do 1º paciente infectado em Alagoas, de um novo paciente contabilizado no Rio de Janeiro e de mais três em São Paulo. Todos os casos foram confirmados pelas secretarias estaduais de saúde e pelo Ministério da Saúde.

Entre os casos estão 20 importados, com pacientes infectados fora do Brasil, e quatro frutos de transmissão local. Ainda há 664 casos suspeitos e 632 foram descartados.

São Paulo está no topo da lista de casos confirmados do Covid-19, com 16 casos, seguido dos estados do Rio de Janeiro (3), Bahia (2), Espírito Santo (1), Distrito Federal (1) e Alagoas (1).

A primeira paciente confirmada ontem (7) com o novo coronavírus em Brasília (DF) também é a única internada em estado grave, em isolamento na UTI do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). A mulher de 56 anos teve discreta melhora do quadro respiratório, segundo boletim divulgado no fim da manhã desde domingo (8).

A Secretaria de Saúde de Alagoas confirmou neste domingo que o primeiro caso de Covid-19 confirmado no estado é de um homem de 42 anos que voltou da Itália no dia 3 de março e procurou atendimento médico em Maceió por apresentar sintomas. Seu estado de saúde é estável, e o paciente se encontra em isolamento domiciliar.

No Rio de Janeiro, a secretaria de saúde informou que o terceiro caso confirmado é de uma mulher de 42 anos, que mora na capital fluminense e acompanhou a paciente que teve a confirmação da doença no sábado (7) em viagem à Itália.

A paciente já era monitorada pelo poder público, desde que os primeiros sintomas apareceram um dia após o retorno ao Brasil, no dia 4 de março. Seu estado de saúde é estável e ela está em isolamento domiciliar.

Em São Paulo, além dos 16 pacientes infectados, o estado registra 176 suspeitas da doença e 258 casos descartados. (Com informações do G1)

Reportar Erro