Alerta para colapso

Alagoas atinge 93% de ocupação das UTIs para covid-19 e apela por apoio da população

Secretário de Saúde alerta que uso de máscaras e evitar aglomerações são essenciais contra pandemia

acessibilidade:
Profissional de saúde próximo a leito de paciente com covid-19. Há cortinas azuis e outros leitos compondo a imagem, no Hospital Metropolitano em Maceió
UTI de Covid-19. Foto: Thiago Duarte/Agência Alagoas/Arquivo

O aumento da ocupação de leitos exclusivos para tratamento de alagoanos com covid-19 continua preocupante. O novo quadro de ocupação de 93% dos leitos de UTI para covid-19 em Alagoas levou o secretário da Saúde, Alexandre Ayres, a fazer um alerta para que a população evite aglomerações e utilize máscaras como medidas protetivas essenciais para o enfrentamento à pandemia.

“Conseguimos estruturar 390 leitos de Unidade de Terapia Intensiva [UTI] e já estamos com 364 pacientes internados e uma ocupação de 93% [dados do boletim de 16h de quinta-feira, 03]. Não vamos desistir de lutar pela vida dos alagoanos, mas, precisamos de ajuda porque a responsabilidade para combater o vírus é de todos nós”, publicou o secretário em sua rede social, em tom de alerta.

Alagoas conta, atualmente, com 1.428 leitos públicos exclusivos para Covid-19. São 390 leitos de UTI, que estão com ocupação de 93%; 57 leitos intermediários, com 25% de ocupação; e 981 leitos clínicos, que estão com ocupação em 59%. O Estado tem um total de 447 leitos com respiradores, somados os de UTI e os leitos intermediários, e 85% deles estão em uso. Os dados são do fim da tarde de ontem (3).

A ocupação de UTIs contra covid-19 leva a ameaça de colapso para além da capital alagoana. Enquanto Maceió registrava 90% de ocupação, os municípios do interior de Alagoas alcançaram 97% de ocupação. As maiores cidades do estado, como Arapiraca, Santana do Ipanema, Penedo e São Miguel dos Campos atingiram 100% de ocupação das UTIs contra covid-19.

O boletim de leitos é disponibilizado todos os dias pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) a partir das 17h e publicado no site www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br. (Com informações da Agência Alagoas)