Mais Lidas

Por nepotismo

Agnelo é absolvido em mais uma ação de improbidade

Essa é a quarta ação vencida por ele das nove em que é acusado

acessibilidade:

O ex-governador Agnelo Queiroz foi absolvido pela Justiça em mais uma ação de improbidade administrativa por nepotismo. Essa é a quarta ação vencida por ele das nove em que é acusado de nomear parentes no governo do Distrito Federal. Nesta ação, Agnelo respondia pela nomeação do então secretário de Administração, Wilmar Lacerda, e de um parente, Domingos Sávio Lacerda Martins, à frente da Administração do Riacho Fundo I.

Agnelo comandou o GDF na gestão anterior, entre 2011 e 2014. Desde que deixou o governo, vem sofrendo ações promovidas pelo Ministério Público por improbidade administrativa. Além das nove por nepotismo, enfrenta outras cinco, protocoladas este ano. Entre elas, supostas irregularidades em contratos do GDF.