Pirataria

Ação da Seops apreende mais de 15 mil mídias piratas

acessibilidade:

Pirataria CD DVDA Secretaria de Ordem Pública e Social (Seops) apreendeu 15,4 mil mídias no comércio de rua de seis regiões administrativas do Distrito Federal na noite dessa sexta-feira (23). A operação, que faz parte do cronograma do Comitê de Combate à Pirataria do DF, teve duração de três horas.

Os materiais ilegais estavam expostos em bancas improvisadas próximas a lojas e bares. A maior parte, 6,8 mil, foi encontrada no Setor Central do Gama. Em Samambaia o número de CDs e DVDs recolhidos chegou a 4 mil mídias. Já no Recanto das Emas foram confiscadas 2,7 mil unidades.

No Riacho Fundo I e II o saldo fechou em 800 mídias, em cada região. A última cidade fiscalizada foi o Núcleo Bandeirante onde uma mochila foi abandonada por um ambulante com 380 unidades de CDs e DVDs.

“Nosso combate à pirataria tem sido intensificado. Aumentamos as prisões e apreensões nas feiras e, como consequência, percebemos a diminuição da oferta nas ruas”, disse o subsecretário de Operações da Seops, Luciano Teixeira.

Nenhum vendedor foi localizado durante a operação, uma vez que todos conseguiram fugir ao perceberem a presença dos agentes. Se encontrados, eles responderiam pelo crime de violação de direito autoral e poderiam pegar pena de dois a quatro anos de prisão, além de multa.

Desde a criação do Comitê de Combate à Pirataria do DF, em 2011, cerca de 600 pessoas acabaram presas e mais de 3,5 milhões de produtos foram retirados de circulação.

Reportar Erro