Facilita Pinheiro

Ação solidária acolherá vítimas de afundamento em três bairros de Maceió

Projeto para minimizar impactos de tragédia será lançado neste sábado (13)

Ação solidária acolherá vítimas de afundamento em três bairros de Maceió

Moradores do Pinheiro reunidos para cobrar respostas das autoridades, em fevereiro. Foto: Divulgação/Facebook

A solidariedade moveu maceioenses para oferecer assistência contínua às vítimas das áreas de risco atingidas pelo afundamento do solo em três bairros de Maceió (AL) e lançará, na tarde deste sábado (13), uma ação solidária no epicentro da região em estado de calamidade pública, o bairro do Pinheiro.

A iniciativa que recebeu o nome de Facilita Pinheiro é fomentada por empresários, professores, profissionais liberais e artistas. E nasce com caráter apartidário e popular, afirmando ter o desejo de estender a mão aos moradores das áreas afetadas, e de preencher uma lacuna entre os órgãos públicos e as milhares de vítimas da tragédia nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro.

O início da ação solidária ocorrerá a partir das 16h deste sábado, na Praça Menino Jesus de Praga, no Pinheiro, onde haverá o lançamento do site em uma programação cultural e informativa dividida em cinco atos que estarão disponibilizados no site www.facilitapinheiro.institutoiffpp.com.br.

“Este é um movimento solidário, apartidário, de pessoas que se uniram e se mobilizaram em prol da causa dos moradores do Pinheiro. Queremos colaborar com oferta de serviços gratuitos, apoio em diversas frentes e mobilização da sociedade. Nosso objetivo é levar ações que garantam alguma forma auxílio a estes moradores e residentes que perderam suas casas e imóveis e ainda aguardam posição concreta do poder público” resumiu o advogado Ricardo Wanderley, um dos idealizadores e organizadores do Facilita Pinheiro.

A abertura do Facilita Pinheiro vai contar com exposição intitulada Memória do Pinheiro, palestras e show musical. De modo contínuo a ação vai ofertar gratuitamente caminhões para moradores realizarem mudanças, cadastro de profissionais voluntários que queiram ofertar serviços também gratuitos aos moradores do bairro, um Observatório de Fake News para ofertar informação de qualidade à população e “traduções” dos relatórios técnicos, com versão explicada dos termos científicos que descrevem os fenômenos geológicos ocorridos na localidade.

As ações são coordenadas pelo Instituto para o Fomento de Políticas Públicas (IFPP), instituição sem fins lucrativos. Entre as metas da entidade está a promoção do bem estar social nas cidades com intervenções urbanas, economia criativa e debates sobre identidade social.

Veja em que consiste cada um dos cinco atos de solidariedade previstos pelo Facilita Pinheiro:

Ato 1 | Mudança Solidária
Oferta de caminhões de empresas privadas – Oikos e Serraria Falcão – para promover a mudança das pessoas do bairro que estão a área vermelha e laranja. Mediante cadastro e agendamento através do site.

Ato 2 | EXPOSIÇÃO Memória Pinheiro
Contar um pouco dessas histórias de vidas no bairro, por meio de fotografias antigas dos moradores. A ação tem como um dos objetivos principais humanizar o processo nebuloso e ainda incerto que o lugar vem passando, além de buscar sensibilizar a população de Maceió para o problema, que não pode ser encarado como exclusivo do bairro, mas da cidade de modo geral. É só o começo, vamos levar a exposição – com todos esses personagens da vida real do Pinheiro e outros que aparecerem – também à orla! O Sebrae é parceiro desta exposição cedendo os flip charts para servirem de suporte às histórias.

Ato 3 | OBSERVATÓRIO de Fake news
Desvendar os fatos e boatos que giram em torno do fenômeno que assola o bairro Pinheiro. Com informação e linguagem acessível, evitando o terrorismo psicológico que assola os moradores na atualidade

Ato 4 | Entenda o CAOS
Tradução dos relatórios e diagnósticos técnicos em uma linguagem mai acessível para os moradores. Utilizando de infográficos e imagens produzidas para melhor explicação dos problemas, soluções e processos.

Ato 5 | Banco de Profissionais
Profissionais voluntários que queiram prestar serviços gratuitos aos moradores das áreas de risco.

PROGRAMAÇÃO DESTE SÁBADO:

Abertura – 16h
#facilitaPINHEIRO
Ricardo Wanderley

Exposição MEMÓRIA PINHEIRO – 16h20
Salmom Lucas | Maceió Antiga

Ações FACILITA – 16h30
Evelyne Cruz e Melissa Mota

Poesia PINHEIRO – 16h45
Mirian Monte e Chico de Assis

A incerteza da mudança – 17h
Lucas Paiva

Fatos ou Boatos: o caso PINHEIRO – 17:30h
Professor Abel Galindo
Professor Sinval Guimarães
Diretor Marcos Vieira – SEBRAE

Música na Praça (palco aberto) – 19h

Encerramento – 21h

A ação é inspirada no Movimento SOS Pinheiro e tem como parceiros o Sebrae Alagoas, Unit, Maceió Antiga, Serraria Falcão, Oikos Casa.

Davi Soares
Davi Soares
| Atualizado