Até quando?

Petrobras ignora revolta e aumenta gasolina comum duas vezes neste domingo

Gasolina ficou mais cara para os postos à meia-noite, e aumentou outra vez durante o dia

Petrobras ignora revolta e aumenta gasolina comum duas vezes neste domingo

Desafiando a paciência da população, a Petrobras presidida por Pedro Parente aumentou duas vezes o preço dos combustíveis somente neste domingo. (Fotos: Agência Brasil)

Apesar do caos provocado por sua política de reajustes diários nos preços dos combustíveis, adotada desde julho do ano passado, a Petrobras continua aumentando os seus preços.

A Petrobras Distribuidora (BR) promoveu dois aumentos somente neste domingo (27), na venda de combustíveis para todo o País. A partir da meia-noite a gasolina comum passou a ser vendida a R$4,1824 aos postos de Brasília, por exemplo, e à tarde o valor subiu para R$4,3583. Sem prévio aviso e em meio à dificuldade para reabastecimento.

Isso significa que entre a manhã e a tarde deste domingo houve reajuste de 17 centavos por litro no sétimo dia de levante nacional, iniciado pelos caminhoneiros, em protesto contra a política determinada pelo presidente da Petrobras, Pedro Parente, e seus companheiros de diretoria.

Redação
Redação
| Atualizado