Publicidade
'Pagamentos indevidos'
STF suspende pagamento de auxílios-saúde e livro a membros do MP de Minas
Promotores podiam receber mais de R$ 13 mil por ano para gastar com livros jurídicos
Publicado: 09 de fevereiro de 2018 às 18:44
Redação
STF PGR Luís Roberto Barroso procuradores Ministério Público Minas Gerais auxílio-saúde auxílio-livro
Publicidade

 
Busca
Redes sociais
@diariodopoder
© 1998 - 2018 - Todos os direitos reservados